Juristas vão fazer ato contra intimação da PF a Boulos com base na Lei de Segurança

CAMILA MATTOSO
·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Juristas vão fazer um ato virtual contra a intimação da Polícia Federal a Guilherme Boulos (PSOL), às 18h desta terça (27). A PF intimou o ex-candidato a prefeito de São Paulo para prestar depoimento em um inquérito aberto para investigá-lo com base na Lei de Segurança Nacional. Ele terá que se apresentar na superintendência da PF em São Paulo no dia 29, às 16h. Boulos é acusado de ameaçar o presidente Jair Bolsonaro por ter publicado no Twitter um comentário sobre o presidente. A convocação foi feita por Kenarik Boujikian, Felipe Santa Cruz, Pedro Serrano, Sheyla Carvalho, Daniel Sarmento e Marco Aurélio de Carvalho.