Juros do cartão de crédito sobem para 364% ao ano

Juros do cartão de crédito sobe para 364% ao ano (Getty Image)
Juros do cartão de crédito sobe para 364% ao ano (Getty Image)
  • O valor cobrado no rotativo do cartão subiu 4,9 pontos porcentuais

  • A taxa de cobrança passou de 359,1% para 364,0% ao ano

  • O cheque especial também ficou mais caro para o consumidor

Dever para o cartão de crédito está mais caro do que nunca. Com o ciclo de alta acelerada da Selic pelo Comitê de Política Monetária (Copom), o juros médio total cobrado pelos bancos no rotativo subiu 4,9 pontos porcentuais de março para abril, de acordo com o Banco Central. Após a elevação, taxa passou de 359,1% para 364,0% ao ano.

Já caso do parcelado no cartão de crédito, o juros passou de 171,7% para 175,1% ao ano. Levando em conta operações do rotativo e do parcelado, essa taxa passou de 73,6% para 76,2%.

Em 2017, passou a valer uma regra que obriga os bancos a transferir, depois de um mês, a dívida do rotativo do cartão de crédito para o parcelado, a juros mais baixos. O governo visava permitir que a taxa de juros para o rotativo do cartão de crédito recuasse, uma vez que o risco de inadimplência, em tese, cai com essa alteração.

Além disso, os juros cobrados no cheque especial dispararam 4,9 pontos percentuais em abril. Essa taxa média da modalidade de financiamento também subiu e atingiu 132,7% ao ano, pensando no bolso de quem recorre ao crédito.

É importante ressaltar que rotativo do cartão, ao lado do cheque especial, é uma modalidade de crédito emergencial, muito acessada em momentos de dificuldades. Com o aumento no endividamento, queda na renda e dificuldade para colocar as contas em dia, cada vez mais brasileiros recorrem ao recurso na hora de fechar as contas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos