Justiça corrige valor, e dívida do Cruzeiro com Dedé ultrapassa os R$ 20 milhões

Jogador defendeu a camisa estrelada por seis temporadas - (Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro)


Nesta terça-feira, a Justiça do Trabalho homologou a decisão que corrige o valor da ação do zagueiro Dedé contra o Cruzeiro. Agora, o débito ultrapassa os R$ 20 milhões.

Inicialmente, Dedé cobrava, no trâmite judicial, o valor de R$ 17,7 milhões, acrescidos de multa. Além da correção, no momento, o zagueiro requer também a inclusão da Sociedade Anônima do Futebol (SAF), como parte solidária ao débito. Confira o que disse a decisão, homologada nesta tarde:

- Tendo em vista a ratificação dos cálculos pela SECJ, homologo os cálculos. Fixo o valor da execução em R$ 20.516.496,46 - diz a sentença da juíza Jéssica Grazielle Andrade Martins. A decisão cabe recurso por parte da equipe estrelada.

Atualmente no Athletico-PR, Dedé defendeu o Cruzeiro entre os anos de 2013 e 2019. Com a camisa estrelada, o zagueiro disputou 188 partidas, marcou 15 gols e conquistou dois Campeonatos Brasileiro, duas Copas do Brasil e três edições do Campeonato Mineiro.