Justiça defere candidatura de Rogério Lisboa em Nova Iguaçu

·1 minuto de leitura
Prefeito Rogerio Lisboa garante que todos iguaçuanos foram atendidos durante a pandemia.
Prefeito Rogerio Lisboa garante que todos iguaçuanos foram atendidos durante a pandemia.

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) deferiu, nesta quarta-feira (28), o registro de candidatura da coligação de Rogério Lisboa (PP), prefeito e candidato à reeleição em Nova Iguaçu. Em pesquisa Ibope publicada também nesta quarta, o candidato aparece na liderança com 49% das intenções de voto, com ampla vantagem sobre seus adversários.

No dia 15 de outubro, a justiça havia indeferido sua candidatura, alegando que a coligação da qual Lisboa faz parte teve o registro indeferido, devido ausência de infomações e documentos exigidos.

Na nova decisão, o TRE cita o entendimento do TSE que é possível a “inclusão de partido em coligação após o prazo para convenções, desde que tenha sido registrada em ata a possibilidade de coligação futura com outros partidos". Diante dos documentos apresentados nos autos, o TRE entendeu que houve apenas um erro meramente formal e deferiu o registro da coligação de Rogério Lisboa.

A coligação de Lisboa, “FÉ, TRABALHO E HUMILDADE” é composta pelos partidos PV, PSL, PP, DEM, Avante, PDT, MDB, PL, Cidadania, Patriota e PROS.