Justiça determina envio de helicópteros à Amazônia para buscas de sumidos

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - A Justiça Federal determinou nesta quarta-feira (8) o envio imediato de helicópteros, embarcações e equipes de busca para a região do Vale do Javari, na Amazônia (AM), local do desaparecimento de Bruno Araújo Pereira, servidor licenciado da Funai (Fundação Nacional do Índio), e do jornalista Dom Phillips, vistos pela última vez há três dias.

A decisão é uma resposta à ação civil pública em conjunto entre a Defensoria Pública da União (DPU), Ministério Público Federal e a Univaja (União dos Povos Indígenas do Vale do Javari), solicitando o apoio imediato do governo federal nas buscas.

Na decisão, assinada pela juíza Jaiza Maria Pinto Fraxe, da 1ª Vara Federal Cível do Amazonas, a Justiça autoriza a DPU e o Ministério Público Federal para requisitar o suporte diretamente à Polícia Federal, Comando Militar da Amazônia e Força Nacional de Segurança para "as providências urgentes e necessárias ao cumprimento da decisão".

"Determino à ré União que efetive imediatamente obrigação de fazer no sentido de viabilizar o uso de helicópteros, embarcações e equipes de buscas [para] localizar Bruno Pereira e Dom Phillips", cita o texto.

As buscas estão sendo feitas por equipes da Polícia Federal, Secretaria de Segurança Pública do Amazonas e forças armadas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos