Justiça determina quatro meses de prisão preventiva para ex-presidente da Bolívia

A ex-presidenta interina da Bolívia, Jeanine Áñez, conversa com advogados em uma cela em La Paz