Justiça determina que Gol contrate serviço de busca para localizar cadela perdida no aeroporto de Guarulhos

·2 min de leitura

RIO — A Justiça determinou que a Gol contrate um serviço de busca por mais de dez dias visando a localizar a cadela Pandora, que desapareceu em 15 de dezembro no aeroporto de Guarulhos (SP), local da escala de seu dono. Reinaldo Junior viajava de Recife para Navegantes com sua mãe, mas durante a conexão ele foi informado sobre o sumiço de seu animal de estimação. Segundo consta no processo, a companhia aérea era a responsável pelo transporte da cadela quando ela escapou da caixa.

Além disso, a juíza Fabiana Feher Recasens, do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP), considerou que Reinaldo e sua mãe não são residentes de São Paulo e, portanto, determinou que a empresa custeie a estadia deles na região de Guarulhos, incluindo alimentação, permitindo que possam continuar procurando Pandora. A magistrada justificou que "ainda há esperanças de sua localização e que o animal pode estar na área abrangida pelo aeroporto". Assim, ficou definido um prazo de 30 dias. Quanto ao serviço de busca a ser contratato pela Gol, o período deve ser por mais 10 dias.

"Para possibilitar os trabalhos, determino à ré GRU que autorize a entrada dos autores e da equipe contratada na área interna do aeroporto, bem como toda a extensão interna do terminal, acompanhados de funcionário do aeroporto, já que se trata de área de segurança", acrescenta a decisão. "Deve a ré GRU, ainda, apresentar as filmagens internas desde o dia 15 de dezembro, data do desaparecimento de Pandora, para que os autores possam tentar identificar o caminho percorrido pelo animal, facilitando sua localização".

Reinaldo usou seu perfil no Instagram para celebrar a "primeira vitória".

"Logo será a mais importante: encontrar a Pandora", completou. "Sim, é preciso ir ao Judiciário para que a empresa assuma a primeira responsabilidade que tem: procurar a Pandora, uma vez que a perdeu".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos