Justiça Federal proíbe que integrantes do Sindsprev entrem na superintendência do INSS no Rio

·1 min de leitura

A 5ª Vara Federal do Rio de Janeiro concedeu liminar proibindo a entrada de integrante do Sindicato dos Trabalhadores Federais em Seguridade e Seguro Social do Rio (Sindsprev/RJ) no prédio da Superintendência do INSS no Rio, localizada no Centro. A decisão judicial expedida nesta segunda-feira, dia 25, atendeu a uma ação protocolada pelo INSS na Justiça Federal.

Segundo a decisão do juiz federal Sérgio Bocayuva, o sindicato deve pagar R$ 500 mil por cada dia em que servidores associados ao Sindsprev entrassem nas dependências do prédio, na Rua Pedro Lessa, ou atrapalhe a entrada de funcionários.

Nesta terça-feira, cerca de 40 servidores do INSS fizeram ato em frente ao prédio da superintendência para tentar conversar com porta-voz do órgão sobre as pautas da categoria, como reajuste salarial de 19,9% e abertura de concursos públicos.

Na semana passada, servidores ocuparam o prédio da superintendência do INSS em São Paulo, durante 3 dias.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos