Justiça homologa venda de empresa de fibra da Oi para BTG Pactual e Globenet por R$12,9 bi

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO (Reuters) - O juiz responsável pela recuperação judicial da Oi homologou nesta quarta-feira oferta do BTG Pactual e Globenet Cabos Submarinos para compra de 51% da empresa de fibra ótica do grupo de telecomunicações por 12,9 bilhões de reais, informou o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.

A proposta do BTG e Globenet serviu de base para o edital do leilão realizado nesta quarta-feira e que não contou com nenhum outro interessado, informou o tribunal em comunicado à imprensa.

A oferta, segundo o tribunal, prevê o desembolso base de 9,79 bilhões de reais pela participação de 51% das ações da InfraCo, além de uma contribuição adicional para o capital da empresa no montante de 3,14 bilhões em até 90 dias.

"Diante da ausência de outros habilitados, o Ministério Público e o administrador judicial opinaram favoravelmente à homologação da proposta vinculante ratificada pelos representantes do grupo financeiro", afirmou o tribunal no comunicado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos