Justiça iraniana anuncia enforcamento de dois homens ligados aos protestos

A justiça iraniana anunciou, neste sábado, o enforcamento de dois homens acusados da morte de um militar durante as manifestações que tomaram conta do país.

Mohammad Mehdi Karami e Seyed Hosseini foram condenados à morte no início de dezembro, uma sentença confirmada a 3 de janeiro pelo Supremo Tribunal iraniano.

Um julgamento fortemente criticado pelas ONG de direitos humanos, que denunciaram que os dois homens sofreram atos de tortura. Estas execuções causaram consternação na União Europeia.