Justiça Eleitoral determina que PT filie atriz pornô

Diretório do PT teria descartado filiação sem passar por procedimentos necessários, diz Justiça Eleitoral. Foto: REUTERS/Leonardo Benassatto
Diretório do PT teria descartado filiação sem passar por procedimentos necessários, diz Justiça Eleitoral. Foto: REUTERS/Leonardo Benassatto
  • Atriz é conhecida como Ester Tigresa

  • Sua filiação deverá ser concluída pelo Diretório do PT de Barão de Melgaço (MT)

  • Sigla não se manifestou

O Partido dos Trabalhadores (PT) deverá homologar a filiação da atriz pornô Ester Caroline Henrique Bonometo Pessatto, conhecida como Ester Tigresa, após determinação do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) nesta quarta-feira (25).

O PT disse, ao portal G1, que não irá se manifestar. A decisão veio após pedido da própria atriz, que teve a filiação barrada pelo partido.

No processo, Ester pede que o Diretório Municipal do PT de Barão de Melgaço, município do Mato Grosso, submeta a lista de filiados pelo sistema da Justiça Eleitoral.

De acordo com a defesa da atriz, ela foi discriminada ao ter sua filiação suspensa sem direito de defesa, convocação para a pauta ou qualquer notificação de infração a agremiação. Segundo a atriz, o PT teria realizado uma “votação” no dia 18 de abril, coordenada pela secretaria do partido, que decidiu pela suspensão do seu pedido de filiação.

A decisão do TRE é assinada pelo juiz Alexandre Paulichi Chiovitti, da 38° Zona Eleitoral de Santo Antônio do Leverger, localizada a 35 km de Cuiabá. Ele argumenta que a suspensão da filiação aconteceu sem a contemplação dos direitos de defesa de Ester Tigresa, pois a legenda não homologava a filiação e não respondia aos pedidos da atriz.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos