Justiça veta tricolores no Gre-Nal e suspende organizadas

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Torcida gremista ficará longe dos estádios na reta final do Brasileirão. Foto: RAUL PEREIRA/AFP via Getty Images)
Torcida gremista ficará longe dos estádios na reta final do Brasileirão. Foto: RAUL PEREIRA/AFP via Getty Images)

Não bastassem os problemas dentro de campo, onde o time do Grêmio não consegue vencer e por isso ocupa a penúltima colocação do Brasileirão, somando apenas 26 pontos em 28 partidas disputadas, agora o Tricolor Gaúcho verá seu torcedor mais distante na fase final da competição.

Isso porque após a invasão de campo e atos de vandalismo na derrota para o Palmeiras, no último domingo, pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro, as punições estão aparecendo.

Leia também:

Primeiro foi o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), impedindo que o Grêmio tenha torcida em seus jogos no Campeonato Brasileiro. Agora o Juizado do Torcedor e Grandes Eventos do Ministério Público do Rio Grande do Sul aplicou punição parecida e ainda acrescentou outros vetos.

O juiz Marco Aurélio Martins Xavier proibiu que os gremistas ocupem o setor de visitantes no Gre-Nal de sábado, no Beira-Rio, suspendeu torcidas organizadas e interditou a Arquibancada Norte da Arena, onde ficam esses torcedores.

A decisão da justiça impede a participação das torcidas organizadas do Grêmio em dias de jogos por 180 dias. A interdição da Arquibancada Norte da Arena foi justificada pelo fato de que foi de lá que saíram os torcedores que depredaram a cabine do VAR no confronto com o time paulista.

Organizadas já haviam sido punidas por invasão ao CT

O duro golpe para as torcidas organizadas do time gaúcho ocorre em um momento em que as autoridades estão liberando as arquibancadas após vetos durante a pandemia de COVID-19. Além disso, recentemente a própria Justiça revogou liminar que suspendia quatro organizadas de acessar arenas esportivas por conta da violência em protesto no CT Luiz Carvalho, em setembro.

O jurídico gremista trabalha na busca pelos responsáveis dos transtornos no jogo contra o Palmeiras. Vinte e dois torcedores já foram identificados pelo clube e novos nomes devem ser divulgados nos próximos dias.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos