Juventus empata com Inter de Milão (0-0) e avança à final da Copa da Itália

·2 minuto de leitura

A Inter de Milão, derrotada por 2 a 1 em casa no jogo de ida, não conseguiu marcar um gol nesta terça-feira em Turim contra a Juventus, que com esse resultado se classificou para a final da Copa da Itália, sua sétima em 10 anos.

Com este resultado, Antonio Conte terá de esperar mais um ano para tentar conquistar sua primeira 'Coppa' como treinador.

A Inter, já eliminada das competições europeias, agora só tem o campeonato italiano para evitar mais uma temporada em branco.

Situação bem diferente da Juventus, cujo treinador Andrea Pirlo ainda luta por todos os títulos possíveis em sua primeira temporada como treinador depois de ter conquistado o primeiro em janeiro (Supercopa da Itália).

"Estava em meus planos de iniciante", brincou Pirlo após a partida, deixando claro que sua equipe "ainda não ganhou nada".

Após alguns meses de tentativa e erro, a sua Juve voltou a ser um bloco sólido, seguindo a tradição defensiva embora sem ser a equipe moderna e brilhante que o "Maestro" havia prometido.

Desde a derrota para esta mesma Inter (0-2), no dia 17 de janeiro, pelo campeonato italiano, os "bianconeri" sofreram apenas um gol em sete partidas (seis vitórias e um empate).

A Inter, obrigada a marcar após o resultado do jogo de ida, tentou em vão acertar o gol da Juventus, apesar de ter o tanque belga Romelu Lukaku e o marroquino Achraf Hakimi, uma ameaça constante pelo lado esquerdo, dois jogadores que haviam desfalcado o time no primeiro jogo porque cumpriram suspensão.

- Napoli ou Atalanta -

No primeiro tempo, Lautaro Martínez (10), Lukaku (26), e o dinamarquês Christian Eriksen (28) tiveram chances diante do veterano goleiro Gianluigi Buffon, que disputou o jogo de número 1.101 de sua carreira, mas nenhum deles as aproveitou.

Os 'nerazurri' insistiram após o intervalo, mas as tentativas de Hakimi (52) e os inúmeros cruzamentos para a área na reta final da partida também não renderam frutos.

"Tentamos até ao fim, com grande determinação para virar o placar. Sabíamos que um gol poderia colocá-los em dificuldades", lamentou Conte, para quem a Inter pagou pelos "presentes que demos a eles no jogo de ida".

No segundo tempo, a Juventus poderia ter vencido se Cristiano Ronaldo tivesse sido eficiente como sempre costuma ser, mas esbarrou no goleiro Samir Handanovic em suas duas melhores chances (64 e 70).

Na final da Copa da Itália, a Juventus, equipe italiana de maior sucesso neste torneio (com 13 títulos), enfrentará ou o Napoli, podendo se vingar da final perdida na temporada passada, ou a Atalanta.

Esta segunda semifinal será decidida nesta quarta-feira em Bérgamo. A partida de ida terminou empatada em 0 a 0.

-- Jogos de volta das semifinais da Copa da Itália (horário de Brasília):

- Terça-feira:

JUVENTUS - Inter de Milão 0 - 0

- Quarta-feira:

(16h45) Atalanta - Napoli

- A final será disputada no dia 19 de maio de 2021

alu/bde/mcd/PM/aam