Kannemann, Gomes, Soteldo, Michael... quem de fato pode ir pro SP?

Kannemann é considerado extremamente caro pelo São Paulo (Liamara Polli/Getty Images) (Getty Images)

O São Paulo só conseguiu contratar Marcos Guilherme para esta janela de transferências e, diante das necessidades do elenco, não para de surgir especulações sobre novos reforços. A lista conta com Kannemann, João Gomes, Soteldo, Michael, Nahuel Bustos, Pedro Rocha, Ferraresi, Galoppo...

Diante da demora tricolor, alguns negócios já foram desperdiçados, como o de Adryelson, zagueiro que deixou o Sport na Justiça e assinou nesta semana com o Botafogo. Ferraresi, venezuelano do Manchester City, também está escapando: ele tem duas ofertas de compra da Turquia e deve seguir na Europa.

Já Kannemann, que passou a ser especulado nas últimas horas, não tem qualquer chance de ser contratado. O argentino ganha cerca de R$ 700 mil por mês no Grêmio, salário absolutamente fora da realidade são-paulina para um defensor.

João Gomes é outra maluquice sem precedentes. O volante, de fato, está longe de um acordo com o Flamengo sobre a renovação de contrato. Mas, ainda que a extensão do vínculo não ocorra, o São Paulo está muito longe de ser o destino do atleta que é pretendido por Atlético de Madrid, Manchester United, entre outros.

Soteldo foi alvo de proposta tricolor dias atrás, mas seu agente fez pedidas absurdas. Nahuel Bustos interessa, porém o negócio com o Manchester City é tratado como complexo, diante da intenção de manter o atacante argentino na Europa. Pedro Rocha não será contratado, segundo o presidente Julio Casares e seu empresário, Hamilton Bernard.

Portanto, de todos da lista, o único realmente próximo é Giuliano Galoppo, volante de 23 anos do Banfield, que está sendo comprado com a ajuda de um investidor por algo na casa dos US$ 5 milhões, embora na Argentina especule-se um negócio de US$ 8 milhões.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos