Kanye West é investigado por agressão a fã nos Estados Unidos

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O rapper Kanye West, 44, ex-marido da empresária e socialite Kim Kardashian, está sendo investigado pela polícia por suspeita de ter empurrado e desferido socos em um fã, no centro de Los Angeles (EUA), na madrugada desta quinta-feira (13).

De acordo com o site Deadline, a polícia recebeu um relatório sobre o incidente, que ocorreu por volta das 3h da madrugada na Avenida Santa Fé e na Bay Street. o caso é investigado como contravenção e a sentença máxima é de seis meses de prisão, de acordo com o TMZ.

O TMZ teve acesso a um vídeo de Kanye irado entre a noite de quarta (12) e a madrugada desta. Na gravação West grita: "Vocês disseram isso ou não? Vocês disseram isso ou não? Porque foi isso que aconteceu agora."

Fotos e vídeos compartilhados nas redes sociais mostram o cantor com a suposta namorada Julia Fox, Madonna , o boxeador Floyd Mayweather e o ex-Tampa Bay Buccaneer Antonio Brown.

Nesta quinta, West também foi confirmado como uma das atrações principais do Coachella 2022, que acontece em abril, na Califórnia, nos Estados Unidos.

Tradicionalmente, o Coachella acontece ao ar livre e costuma reunir mais de 100 mil pessoas por dia no deserto californiano.

Por causa da pandemia de Covid-19, o evento teve de ser suspenso por três vezes. Inicialmente seria realizado em abril de 2020, foi remarcado para outubro do mesmo ano e depois passou para abril de 2021, até ser cancelado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos