Kanye West anuncia 'jejum verbal' de 30 dias

Kanye West revelou que fará um “jejum” de falar, ingerir álcool, fazer sexo e assistir pornografia por 30 dias. O rapper, que mudou legalmente seu nome para Ye, fez o anúncio no Twitter com a legenda: “Não vou falar com ninguém por um mês”.

“Estou tomando 30 dias 'para limpar', um jejum verbal. Sem álcool, sem filmes adultos, sem relações sexuais. A Deus nós louvamos, amém”, escreveu o ex-marido de Kim Kardashian.

West concluiu então que seu “Twitter ainda está ligado”, ou seja, ele ainda estará ativo nas mídias sociais durante o intervalo.

O rapper teve sua conta no Twitter "restabelecida" um dia após o bilionário Elon Musk anunciar a compra da rede social, no final de outubro. No dia nove daquele mês, sua conta foi restringida por causa dos seus comentários antissemitas.

Inúmeras marcas como Adidas, GAP e Balenciaga já acabaram com as colaborações que tinham com West.

O rapper também foi dispensado por sua agência de talentos, a CAA, e por seus advogados da Cadwalader Wickersham & Taft.