Karina Bacchi diz que deixou de atuar para não cometer 'adultério': 'Contra o que a Bíblia diz'

·1 min de leitura

Não espere mais ver Karina Bacchi atuando em novelas, como já fez em tramas como "Da cor do pecado" e "O clone". Depois de sua conversão, a atriz afirma que abandonou de vez a carreira de atriz. No canal "Positivamente", apresentado por ela no Youtube, numa conversa com o pastor Rodrigo Silva, ela falou sobre essa decisão.

"Na Bíblia, a gente vê que Deus não se agrada do adultério. Uma atriz casada que vai interpretar uma cena na qual ela vai ter que beijar, abraçar... Aquilo não é considerado adultério? Acho que estaria sendo contra o que a Bíblia diz. Isso é algo que me conflitou demais. Eu deixei a minha carreira por conta não só da Bíblia, mas também porque eu não me sentia à vontade em estar atuando, mesmo sabendo que aquilo não era eu, era um personagem. Eu deixei de atuar por opção, por escolha, por causa disso", disse Karina, atualmente casada com o ex-jogador de futebol Amaury Nunes.

Veja também: Após romance com ator esfriar, Larissa Manoela vive affair com carioca irmão de jogador do Vasco

O pastor então comentou a declaração de Karina Bacchi, dizendo que também, se fosse ator, não beijaria outra mulher em cena: "Sua pergunta é muito pertinente. Tenho que responder com certa clareza e ética ao mesmo tempo. Eu tenho os meus limites nesse papel, sou apenas o consultor. Eu, pessoalmente, se fosse ator, não faria o beijo com outra mulher".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos