Karol Conká se envergonha com cenas do 'BBB': "Me arrependo profundamente"

Bárbara Saryne
·2 minuto de leitura
Karol Conká se assistiu no 'BBB' e ficou chocada (Foto: Reprodução/Globo)
Karol Conká se assistiu no 'BBB' e ficou chocada (Foto: Reprodução/Globo)

Karol Conká se arrependeu de entrar no 'BBB 21'. A artista deixou o programa na noite desta terça-feira (23) com 99,17% de votos, a maior rejeição da história do reality. No 'Mais Você', a artista refletiu sobre sua passagem pela casa mais vigiada do Brasil e se envergonhou quando Ana Maria Braga mostrou trechos de suas brigas.

"Me arrependo (de entrar no programa). Se soubesse que ia chegar toda estragada lá dentro não teria entrado. O Brasil não merece esse entretenimento. A minha família não merece ser ameaçada", afirmou.

Leia também

Conká se tornou odiada pelo público após perseguir Juliette, Lucas, Carla e Camilla de Lucas. "Fui completamente boba, dissimulada, olha isso que vergonha", disse a artista, que escondeu o rosto ao se ver na televisão. 

Em dado momento, Karol se comparou com vilãs de novelas e citou Carminha, de 'Avenida Brasil', e Nazaré Tedesco, de 'Senhora do Destino'.

Ana Maria Braga rebateu algumas justificativas da participante. Quando a rapper colocou a culpa na bebida, a apresentadora frisou que ela estava sóbria ao expulsar Lucas da mesa na hora do almoço. A culinarista também a colocou contra a parede ao questionar se o seu problema com Juliette se deu por não gostar do sotaque da paraibana. 

Karol negou a informação e garantiu que entrou no reality perturbada. Ana Maria afirmou que é um problema usar a "perturbação" como justificativa. "Causei perturbação na casa. Levei minha perturbação, joguei nos outros e deixei as pessoas tristes", disse a rapper, que citou seus traumas de infância e a relação complicada com o pai como gatilhos despertados no confinamento.

No fim do papo, Conká pediu perdão ao Brasil e aos familiares dos participantes envolvidos em suas tretas. Ela garantiu que vai procurar ajuda médica e pediu mais empatia. 

"O erro foi meu. Meu filho, meu irmão, meus parentes não têm nada a ver com isso. Estão passando dos limites e indo além do que fui na casa. Estão sendo hipócritas. Me acusaram de passar dos limites e estão passando dos limites comigo", disse ela, que tem sofrido ameaças.