Kassab se fortalece em disputa com bolsonaristas e será secretário de Tarcísio em SP

O governador eleito de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos), decidiu nomear como secretário de governo o presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab.

O anúncio deve ser comunicado oficialmente por Tarcísio ao longo do dia. A informação foi antecipada pelo jornal Folha de S. Paulo e confirmada pelo Globo. A nomeação fortalece Kassab em meio a uma disputa com aliados do presidente Jair Bolsonaro (PL), que demonstram incômodo com o protagonismo do ex-ministro na articulação política.

Tarcísio tem sido pressionado por bolsonaristas para indicar quadros ligados a ala mais radical do entorno do presidente da República. A indicação consolida Kassab como o principal articulador político de Tarcísio.

O comando da Casa Civil ficará a cargo de Arthur Lima, um dos seus aliados fiéis Ministério da Infraestrutura sob a gestão Bolsonaro

Carioca e neófito na política, Tarcísio quebrou a hegemonia do PSDB em São Paulo após 28 anos e tirou o governador Rodrigo Garcia do segundo turno nas eleições desde ano. Em seguida, derrotou o petista Fernando Haddad. Para aliados de Bolsonaro, o ex-ministro foi eleito graças ao capital político do presidente.

Por outro lado, Kassab foi o responsável por articular o apoio de um grupo significativo de prefeitos do estado em benefício da candidatura de Tarcísio após a desistência de Geraldo Alckmin participar do pleito. O plano de Kassab era lançar Alckmin como candidato, mas o ex-governador optou por migrar para o PSB e ser vice do ex-presidente Lula. Com isso, Kassab apostou tudo em Tarcísio, que se elegeu com 55,2% dos votos