Keiko Fujimori lança candidatura à Presidência do Peru

Keiko Fujimori, filha do ex-líder peruano preso Alberto Fujimori, em Lima, no Peru. 06/06/2011 REUTERS/Enrique Castro-Mendivil

PARACAS, Peru (Reuters) - Keiko Fujimori, filha do ex-líder peruano preso Alberto Fujimori, lançou sua segunda candidatura à Presidência do Peru nesta sexta-feira, dizendo que irá utilizar os fundos emergenciais do Estado para reativar a economia do país, que cresce hoje de forma lenta.

Keiko, a única mulher numa cena política cheia de veteranos, afirmou que não hesitaria em lançar mais títulos da dívida no mercado internacional e que também usaria o fundo emergencial de 10 bilhões de dólares para financiar projetos de infraestrutura.

"Temos um dos menores níveis de dívida no mundo", disse ela, de 40 anos, numa reunião com líderes empresariais na cidade de Paracas, no sul do país. "Quando você tem um momento de emergência, você deve tomar medidas drásticas e importantes."

A economia do Peru, importante produtor mundial de ouro e cobre, cresceu numa média anual de mais de 6 por cento entre 2003 e 2013. No entanto, o crescimento caiu bastante em 2014, para 2,4 por cento, uma vez que os preços dos minérios recuaram.

A expectativa agora é de crescimento de 2,8 por cento para este ano, depois de uma nova revisão para baixo no mês passado.

(Reportagem de Mitra Taj e Marco Aquino)