Kenedy fica no Rio no aguardo de resposta do Chelsea sobre empréstimo, e Flamengo adota paciência

·2 minuto de leitura

Uma semana depois de o Flamengo comunicar aos empresários do atacante Kenedy que gostaria de contar com o jogador por empréstimo, ainda não houve resposta do Chelsea, clube inglês com o qual o jovem tem contrato de mais dois anos. Até esta segunda-feira, os representantes do jogador não haviam recebido retorno, e o atleta segue no Rio. A intenção é retornar à Inglaterra apenas quando a situação estiver definida.

A permanência no Brasil se deve à esperança de que a resposta seja positiva. O Flamengo, já ciente de que a negociação é difícil, monitora a situação e adota paciência com pequena dose de otimismo. Os empresários do jogador entendem que o Chelsea vai avaliar outros cenários antes de dar o aval para que Kenedy defenda o Flamengo por uma temporada.

Ainda não há sinalização sobre valores mesmo em caso de empréstimo. O Flamengo se disponibilizaria a arcar com determinado valor em operação com opção de compra ao seu final. O mesmo modelo é idealizado para o caso de Thiago Mendes, do Lyon, outro alvo.

A estratégia da diretoria rubro-negra é ter paciência diante da escassez de recursos em função da ausência de público nos jogos em mais uma temporada.

Bruno Spindel, diretor executivo do Flamengo, confirmou na semana passada o interesse e as negociações para ter o atacante Kenedy por empréstimo junto ao Chelsea.

"É um atleta muito interessante. O Flamengo conversa. Ele fez uma ótima temporada, a gente gostaria muito de contar com ele", disse Spindel.

Contudo, o dirigente resssaltou que se trata de uma contratação difícil. O jogador estava emprestado ao Granada, da Espanha, e ainda tem contrato com o clube inglês, com alto salário.

"Pela situação financeira e por tudo que aconteceu com ele, é uma negociação muito difícil.", disse o executivo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos