Princesa Victoria da Suécia visita local de atentado em Estocolmo

Estocolmo, 8 abr (EFE).- A princesa Victoria da Suécia visitou neste sábado o local do atentado ocorrido ontem na capital Estocolmo e depositou um ramo de rosas em lembrança das quatro vítimas mortais e dos feridos.

"De alguma forma, sairemos fortalecidos", afirmou Victoria após percorrer, ao lado de seu marido Daniel e entre fortes medidas de segurança, a zona comercial na qual um caminhão avançou a grande velocidade e se chocou contra a fachada de uma loja de departamentos.

Com lágrimas nos olhos e vestida de preto, a filha mais velha dos reis suecos ressaltou que seu país demonstrou "enorme força" em sua resposta ao atentado e se disse convencida que a Suécia vai superar o ocorrido se mantendo unida, como uma "comunidade".

Os reis Carl Gustaf XVI e Sílvia, por sua vez, já estão de volta ao país, depois que decidiram ontem antecipar o fim de sua visita oficial ao Brasil por causa do atentado em Estocolmo.

Pouco depois do ataque, a família real sueca emitiu um comunicado no qual expressou sua "consternação" pelo atentado e ressaltou que os "pensamentos" da família real sueca estão "com as vítimas e seus próximos".

Um caminhão avançou ontem pouco antes das 15h locais (10h de Brasília) sobre a principal rua de pedestres de Estocolmo e, após percorrer um trecho atropelando pedestres, se chocou contra a entrada principal de uma conhecida loja de departamentos da capital sueca.

O primeiro-ministro sueco, Stefan Löfven, falou ontem de um "ataque no coração" de Estocolmo e assegurou que o país não vai se curvar diante de "assassinos abomináveis".

As forças de segurança detiveram na madrugada de hoje um suspeito, que acreditam ser o autor material do ataque, e que já foi acusado pela promotoria de um suposto crime de terrorismo. EFE