Kerry busca testar comprometimento de Rússia e Irã sobre Síria, diz autoridade

WASHINGTON (Reuters) - O secretário de Estado norte-americano, John Kerry, busca testar se a Rússia e o Irã pretendem fazer com que o presidente da Síria, Bashar Al-Assad, deixe o poder, e testar o comprometimento de ambos os países na luta contra militantes do Estado Islâmico na Síria, disse uma autoridade norte-americana nesta quinta-feira.

"O secretário pensou que era hora de... determinar se o comprometimento público na luta contra o Estado Islâmico e terrorismo é significativo ou não e a até onde estão preparados para trabalhar amplamente com a comunidade internacional para convencer o sr. Assad que durante o processo de transição política ele terá que sair", disse o conselheiro do Departamento de Estado Tom Shannon a parlamentares.

(Reportagem de Arshad Mohammed)