Kevin Conroy, dublador do Batman, morre aos 66 anos

O dublador Kevin Conroy, conhecido por interpretar Bruce Wayne em projetos animados do Batman em filmes, televisão e videogames por décadas, morreu ontem, aos 66 anos.

Os estúdios Warner Bros. confirmaram a notícia em um comunicado emitido hoje à imprensa americana, de acordo com o site The Hollywood Reporter, acrescentando que ele teve uma breve batalha contra o câncer.

Conroy assumiu o icônico papel de dublador na animação de Batman em 1992, para "Batman: The Animated Series", além de filmes de animação aclamados pela crítica, como "Batman: Mask of the Phantasm" , de 1993 .

Ele continuou a dublar o personagem de quadrinhos em "Batman Beyond", em franquias populares de videogames como "Arkham Asylum" e" Arkham City" , no filme de 2016 "Batman: The Killing Joke" e em vários outros.

A dubladora Diane Pershing, conhecida por interpretar a vilã Hera Venenosa ao lado de Kevin, falou sobre o companheiro de trabalho após sua morte. "Ele fará muita falta não apenas pelo elenco da série, mas por sua legião de fãs em todo o mundo."

O ator de "Star Wars" Mark Hamill, que dublou o Coringa, vilão das histórias de Batman, também falou sobre o amigo. "Kevin era a perfeição. Ele era uma das minhas pessoas favoritas no planeta, e eu o amava como um irmão", disse. "Ele realmente se importava com as pessoas ao seu redor".

Kevin deixa seu marido, Vaughn C. Williams e os irmãos Trisha e Tom Conroy .