Republicanos escolhem Kevin McCarthy como candidato à presidência da Câmara nos EUA

O republicano Kevin McCarthy foi eleito nesta terça-feira (15) líder de seu partido na Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, abrindo caminho para que ele se torne o presidente da Casa se seu partido recuperar o controle como esperado após as eleições de meio de mandato.

O congressista da Califórnia, de 57 anos, que ocupa altos cargos na Câmara Baixa desde 2014, foi eleito por voto secreto, superando Andy Biggs, membro do influente Freedom Caucus, de extrema direita.

Após falhar em arrancar o controle do Senado dos democratas do presidente Joe Biden nas eleições de 8 de novembro, os republicanos estão agora a caminho de retomar o controle da Câmara.

"A era do domínio democrata acabou", declarou McCarthy.

O republicano começa o que deve ser uma campanha extenuante para vencer a votação no plenário em 3 de janeiro, quando os 435 membros recém-eleitos da Câmara dos Representantes escolhem seu presidente ('speaker'), o terceiro maior posto político dos EUA depois do presidente e vice-presidente.

Essa eleição promete ser muito apertada, já que a maioria dos republicanos na Câmara deve ficar muito estreita. A contagem de votos dos 'midterms' ainda está em andamento em vários locais.

O alto líder republicano se viu enfraquecido pelo baixo desempenho dos republicanos nas eleições, já que a "onda vermelha" republicana prevista pelos conservadores não se concretizou.

Qualquer deserção do campo republicano complicaria significativamente a ascensão de McCarthy, e a ala mais à direita do partido deixou claro que definirá seus termos antes de apoiá-lo.

Em 2015, McCarthy falhou por pouco em se tornar presidente da Câmara dos Representantes.

cjc-mlm/ec/llu/ll/ic