Kiev acusa Moscovo de atacar outra central nuclear

As autoridades da Ucrânia acusam a Rússia de praticar ato de "terrorismo nuclear".

Segundo a agência nuclear ucraniana, Energoatom, um míssil russo atingiu, esta segunda-feira, um complexo industrial a cerca de 300 metros da central de Pivdennoukrainsk, também conhecida como Central Nuclear da Ucrânia do Sul. Ao que se sabe, os três reatores não foram danificados.

Esta é a segunda maior central da Ucrânia e fica na região de Mykolaiv que tem estado sob fogo das forças russas, nas últimas semanas.

O presidente russo, Vladimir Putin ameaçou que os ataques às principais infraestruturas ucranianas iriam intensificar-se, após as suas forças terem sido obrigadas a recuar no campo de batalha, no entanto o Kremlin ainda não se pronunciou sobre o ataque à central nuclear de Pivdennoukrainsk.