Kim Kataguiri deve presidir comissão de Educação da Câmara e diz que investigará escândalos

***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 19.11.2021 - O deputado Kim Kataguiri (SP) durante o 6º Congresso Nacional do MBL, realizado no Museu da Imigração, em São Paulo. (Foto: Zanone Fraissat/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 19.11.2021 - O deputado Kim Kataguiri (SP) durante o 6º Congresso Nacional do MBL, realizado no Museu da Imigração, em São Paulo. (Foto: Zanone Fraissat/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Indicado pela União Brasil como novo presidente da comissão de Educação da Câmara dos Deputados, Kim Kataguiri (SP) diz que terá a investigação de escândalos do governo Jair Bolsonaro (PL) no Ministério da Educação como um de seus focos de atuação.

Ele deve ser confirmado ainda nesta quarta-feira (27) no cargo, após votação na comissão. Ele assume o posto atualmente ocupado pela deputada Professora Dorinha (União Brasil-TO).

"Uma ação dura combatendo os casos de corrupção do Bolsonaro no Ministério da Educação, seja no FNDE, seja kit de robótica superfaturado enviado para escola que sequer tem privada, seja ônibus escolar. Tudo que houver de irregularidade e corrupção envolvendo o governo nós vamos convocar as autoridades responsáveis para responder na comissão de Educação", diz o parlamentar.

Ele também menciona a intenção de fazer visitas técnicas aos locais relacionados aos escândalos, como as escolas sem água e computador para as quais são destinados os kits de robótica da empresa de aliados de Arthur Lira (PP-AL), presidente da Câmara, caso revelado pelo jornal Folha de S.Paulo.

Kataguiri lista outras prioridades de seu mandato: combater a evasão escolar, valorizar a formação de professores, levando mais graduandos para as salas de aula, fazer um debate amplo sobre alfabetização e primeira infância.

"O investimento na primeira infância é aquele que mais dá retorno. No Brasil, infelizmente, temos as prioridades invertidas, investe-se muito mais no ensino superior do que no básico, criando um sistema que perpetua a desigualdade e a pobreza para crianças que nunca têm oportunidades na vida", avalia Kataguiri.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos