Kirchner absolvida

A Justiça argentina absolveu a vice-presidente Cristina Kirchner da acusação de acobertar os responsáveis pelo atentado contra a Associação Mutual Israelita Argentina, ocorrido em 1994 na capital do país.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos