Koo: rede social indiana ganha usuários no Brasil; veja famosos que aderiram

Koo: rede indiana quer atrair usuários do Twitter a medida que empresa americana corre risco de fechar (REUTERS/Dado Ruvic/Illustration)
Koo: rede indiana quer atrair usuários do Twitter a medida que empresa americana corre risco de fechar (REUTERS/Dado Ruvic/Illustration)
  • Felipe Neto e Casimiro já estrearam seus perfis na rede;

  • Koo é bastante similar ao Twitter, o que facilita a transição para os usuários;

  • Rede explodiu em popularidade no país nesta sexta-feira (18).

O Koo está dando o que falar aqui no Brasil. A rede social indiana similar ao Twitter ganhou destaque nesta sexta-feira (18) e já conseguiu atrair alguns usuários de peso para sua plataforma, como o streamer Casimiro e o YouTuber Felipe Neto.

Na Índia, a rede cresceu rapidamente graças à migração de vários membros do governo conservador de Narendra Modi, como uma forma de protesto à "falta de moderação" do Twitter, que se recusou a bloquear jornalistas e líderes de protesto contra o governo. Rapidamente outros famosos indianos, como atores de Bollywood, criaram suas contas no Koo.

Por aqui, no entanto, a rede ainda está começando a se popularizar. No Twitter, a rede explodiu em comentários, se tornando um dos assuntos mais falados nesta sexta-feira. Vários usuários publicam seus perfis no Koo, para que seus amigos e seguidores possam encontrá-los caso o Twitter realmente acabe.

Dentre esses estão alguns usuários de peso, como celebridades e pessoas com bastante seguidores na rede social. É o caso do streamer Casimiro e do YouTuber Felipe Neto, cujas falas repercutem bastante entre os usuários do Twitter.

É também o caso dos atores Babu Santana e Clarice Falcão, que já abriram suas contas na rede social em preparação para o encerramento do Twitter. Já outros atores comentaram o surgimento do Koo, fomentando um possível aparecimento por lá. É o caso do Bruno Gagliasso, da cantora Pocah, da diretora Pietra Príncipe e do apresentador Paulo Vieira.