Kosovo fecha principal posto de fronteira após bloqueio na Sérvia

Vista da fronteira de Merdare entre Kosovo e Sérvia, que foi fechada por Kosovo depois que manifestantes a bloquearam o lado sérvio para apoiar a minoria sérvia em Kosovo

Por Fatos Bytyci

MERDARE, KOSOVO (Reuters) - Kosovo fechou seu maior posto de fronteira com a Sérvia nesta quarta-feira depois que manifestantes o bloquearam do lado sérvio para apoiar sua etnia em Kosovo ao se recusar a reconhecer a independência do país.

As tensões entre Belgrado e Pristina estão altas desde o mês passado, quando representantes de etnia sérvia no norte de Kosovo deixaram instituições estatais, incluindo a polícia e o Judiciário, devido à decisão do governo de Kosovo de substituir as placas dos carros sérvios.

O ministro do Interior do Kosovo, Xhelal Svecla, disse na terça-feira que a Sérvia, sob a influência da Rússia, pretende desestabilizar Kosovo. A Sérvia nega que esteja tentando desestabilizar seu vizinho e diz que só quer proteger sua minoria lá.

O Kremlin também negou nesta quarta-feira as acusações de Kosovo, mas disse que apoia Belgrado. "A Sérvia é um país soberano", disse o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov.

Por mais de 20 anos, Kosovo tem sido uma fonte de tensão entre o Ocidente, que apoiou sua independência, e a Rússia, que apóia a Sérvia em seus esforços para bloquear a adesão do país a entidades internacionais, incluindo a Organização das Nações Unidas.

Desde 10 de dezembro, sérvios no norte de Kosovo trocaram tiros com a polícia e ergueram mais de 10 bloqueios de estradas dentro e ao redor de Mitrovica. A ação ocorreu após a prisão de um ex-policial sérvio acusado de agredir policiais em serviço.

A Sérvia colocou suas tropas em alerta máximo na segunda-feira. Na noite de terça-feira, o presidente sérvio, Aleksandar Vucic, que disse que o país continua lutando pela paz e buscando um acordo, examinou as tropas perto da fronteira.

O Ministério das Relações Exteriores de Kosovo anunciou em sua página no Facebook que a passagem de Merdare estava fechada desde a meia-noite.

O ponto de entrada de Merdare é o mais importante do Kosovo para o frete rodoviário, além de complicar as viagens dos kosovares que trabalham em outros lugares da Europa e querem voltar para casa nas férias.

(Reportagem de Fatos Bytyci)