Kremlin diz que conversa com Zelenskiy é possível, mas negociações estão paradas

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, durante entrevista coletiva em Moscou
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

(Reuters) - A Rússia disse nesta quarta-feira que não descarta uma reunião entre o presidente russo, Vladimir Putin, e seu homólogo ucraniano, Volodymyr Zelenskiy, mas que qualquer conversa desse tipo precisava ser preparada com antecedência.

O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, disse aos repórteres numa teleconferência que o trabalho em um acordo de paz com a Ucrânia parou há muito tempo e não havia reiniciado.

Peskov disse que as pessoas nas regiões ucranianas de Kherson, Zaporizhzhia e Donbashhia, ocupadas pela Rússia, devem decidir seu próprio futuro e o Kremlin não duvida que eles tomarão a "melhor decisão". A Ucrânia disse anteriormente que a anexação das regiões pela Rússia colocaria fim às conversações de paz entre os dois lados.

(Reportagem da Reuters)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos