Líder da oposição bielorrussa Sviatlana Tsikhanouskaya julgada à revelia

Inimigo número 1 do presidente Aleksander Lukashenko descreve o processo como uma "farsa"