Líder do Estado Islâmico na Síria é morto em bombardeio dos EUA, dizem oficiais norte-americanos

Bandeira do Estado Islâmico perto da cidade síria de Kobani, fotografada do lado turco da fronteira Turquia-Síria

WASHINGTON (Reuters) - O líder do Estado Islâmico na Síria foi morto em um bombardeio aéreo militar, disseram dois oficiais norte-americanos à Reuters nesta terça-feira.

Os oficiais, que falaram em condição de anonimato, recusaram-se a fornecer detalhes. A morte seria mais uma derrota para os esforços do grupo militante islâmico em se reorganizar como uma força de guerrilha após perder largas faixas de território.

Em fevereiro, o principal líder do Estado Islâmico se matou com uma bomba durante uma incursão militar norte-americana na Síria.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos