Líder nas pesquisas, Paes restringe participação em debates

ITALO NOGUEIRA
***ARQUIVO***RIO DE JANEIRO: Ex-prefeito do Rio de Janeiro em candidato a eleição no cargo em 2020, Eduardo Paes (DEM) (Foto: Ricardo Borges/Folhapress)
***ARQUIVO***RIO DE JANEIRO: Ex-prefeito do Rio de Janeiro em candidato a eleição no cargo em 2020, Eduardo Paes (DEM) (Foto: Ricardo Borges/Folhapress)

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Líder nas pesquisas de intenção de voto, o ex-prefeito Eduardo Paes (DEM) restringiu sua participação em debates a apenas dois confrontos com o adversário no segundo turno, o atual prefeito Marcelo Crivella (Republicanos).

Em nota, a campanha do DEM afirmou que o candidato participará dos debates das TVs Bandeirantes e Globo. Ele não mencionou o encontro tradicionalmente promovido pela Record, emissora ligada à Igreja Universal, da qual Crivella é bispo licenciado.

"Há uma dúzia de pedidos de outros veículos e organizações para debates com o candidato Crivella. Infelizmente, o segundo turno das eleições deste ano se estenderá por apenas dez dias e não será possível atender aos demais pedidos. Ao longo dos próximos dias de campanha, vamos priorizar fazer o debate sobre o futuro da cidade com quem está sofrendo nas mãos do Crivella, que é a população carioca", afirma nota de Paes.