Líder republicano no Senado está satisfeito com pedido de impeachment de Trump, diz jornal

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O líder republicano no Senado, Mitch McConnell, não apenas acredita que o presidente Donald Trump tenha cometido crimes passíveis de impeachment, como também está satisfeito com o processo iniciado pelos democratas, segundo pessoas familiarizadas com o assunto ouvidas pelo jornal The New York Times. McConnel vê no pedido de impeachment um facilitador para afastar Trump do partido. A Câmara dos Representantes vota, na quarta-feira (13), para acusar formalmente o presidente republicano de incitar à violência depois de ele ter estimulado uma multidão a sabotar um dos processos previstos na Constituição -a certificação dos resultados da eleição presidencial, feita pelo Congresso. O deputado Kevin McCarthy, da Califórnia, líder da minoria republicana e um dos aliados mais firmes do presidente no Congresso, perguntou a outros membros do partido se ele deveria pedir que Trump renunciasse, segundo três funcionários informados sobre os bastidores. Embora McCarthy tenha dito que se opõe ao impeachment, ele e outros líderes do partido decidiram não fazer, formalmente, um lobby para que os republicanos votem "não" no processo.