Diretor de "Lego Ninjago" fará nova versão de "A Dama e o Vagabundo"

Los Angeles (EIA), 19 mar (EFE).- Charlie Bean, o diretor por trás de "Lego Ninjago: O Filme" (2017), será o responsável por dirigir uma nova versão da clássica animação da Disney "A Dama e o Vagabundo" (1955), que nesta ocasião combinará ação real com efeitos digitais.

Segundo informou nesta segunda-feira o site da revista "The Hollywood Reporter", este remake de "A Dama e o Vagabundo" estreará diretamente no serviço de streaming que a Disney prepara para concorrer a partir de 2019 com gigantes desse mercado, como a Netflix.

O novo filme faz parte da estratégia da Disney de reinterpretar alguns de seus grandes clássicos, um movimento que lhe rendeu muito bons resultados nas bilheterias com os filmes "Alice no País das Maravilhas" (2010), "Malévola" (2014), "Cinderela" (2015), "Mogli: O Menino Lobo" (2016) e o recente "A Bela e a Fera" (2017).

A Disney já prepara outros projetos similares, como "Rei Leão", do cineasta Jon Favreau; "O Retorno de Mary Poppins", com Emily Blunt; "Aladdin", com Guy Ritchie como diretor; "Dumbo", de Tim Burton; e "Mulan", com Liu Yifei como protagonista.

"A Dama e o Vagabundo" será o segundo filme de Charlie Bean, que com "Lego Ninjago" arrecadou no ano passado US$ 123 milhões no mundo todo, segundo os dados do portal Box Office Mojo. EFE