Líderes da UE concordam em proibir exportação de petróleo russo ao bloco

Unidade de produção na Rússia

BRUXELAS (Reuters) - Líderes da União Europeia concordaram nesta segunda-feira em proibir a exportação de petróleo russo para o bloco de 27 países, disse o presidente do Conselho da UE, Charles Michel.

"Isso abrange imediatamente mais de dois terços das importações de petróleo vindo da Rússia, cortando uma enorme fonte de financiamento para sua máquina de guerra", escreveu Michel no Twitter.

Os líderes também concordaram em vetar o maior banco russo, o Sberbank, do sistema Swift e proibir mais três emissoras estatais russas, acrescentou.

(Reportagem de Ingrid Melander, John Chalmers, Jan Strupczewski, Sabine Siebold e Marine Strauss)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos