Líderes mundiais lamentam morte da Rainha Elizabeth 2ª

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Líderes de países como México, França e Reino Unido lamentam a morte da Rainha Elizabeth 2ª, anunciada nesta quinta-feira (8), pelo Palácio de Buckingham, depois do aviso de que ela estava sob cuidados médicos.

Familiares próximos da Rainha haviam sido chamados a Balmoral, na Escócia, onde ela passava o verão. Uma de suas últimas aparições aconteceu dias antes, quando Elizabeth deu posse à nova primeira-ministra britânica, Liz Truss.

"Lembro-me dela como uma amiga da França, uma Rainha de bom coração que deixou uma impressão duradoura em seu país e em seu século", disse o presidente francês, Emmanuel Macron, no Twitter.

Leia abaixo a repercussão.

EMMANUEL MACRON , PRESIDENTE DA FRANÇA

Sua Majestade a Rainha Elizabeth II incorporou a continuidade e a unidade da nação britânica por mais de 70 anos. Lembro-me dela como uma amiga da França, uma Rainha de bom coração que deixou uma impressão duradoura em seu país e em seu século.

MARCELO EBRARD, SECRETÁRIO DE RELAÇÕES EXTERIORES DO MÉXICO

Nossos pensamentos e condolências ao povo e ao governo do Reino Unido.

LIZ TRUSS, PRIMEIRA-MINISTRA DO REINO UNIDO

Todo o país ficará profundamente preocupado com as notícias do Palácio de Buckingham, durante a hora do almoço.

Meus pensamentos - e os pensamentos das pessoas em todo o Reino Unido - estão com Sua Majestade a Rainha e sua família neste momento.