'La casa de papel': série chega ao fim como o segundo maior sucesso de língua não-inglesa da Netflix

·1 min de leitura

Uma das séries de maior sucesso da Netflix, o primeiro fenômeno global da plataforma em língua não-inglesa, "La casa de papel" chega ao fim nesta sexta-feira, quando a segunda parte da quinta e última temporada chegou ao streaming.

Confira o trailer.

A série, cuja primeira temporada estreou em 2017, foi criada por Alex Pina e conta a história do maior assalto da história da Espanha - 2.4 bilhões de euros da Casa da Moeda - pela perspectiva de uma das ladras, Tokio, interpretada por Ursula Corbero. Também é estrelada por Álvaro Morte (O professor) , Itziar Ituño (Lisboa), Pedro Alonso (Berlim), Miguel Herrán (Rio), Jaime Lorente (Denver), Esther Acebo (Estocolmo), Enrique Arce (Arturo), Darko Peric (Helsinki), Hovik Keuchkerian (Bogotá), entre outros.

Sucesso global

"La casa de papel" ocupa três posições no ranking de séries em língua não-inglesa mais populares da história da Netflix, baseada no número de horas assistidas, só perdendo para "Round 6". As temporadas 4,3 e 5 (primeira parte) ocupam, respectivamente, o segundo, terceiro e quarto lugares do top 10.

Levando em consideração o ranking de séries de língua inglesa, com "Bridgerton" em primeiro lugar ( 625,490,000 horas nos primeiros 28 dias) e "Stranger things 3" (582,100,000 horas) no segundo lugar, a quarta temporada de "La casa de papel" fica na terceira posição de série mais vista no ranking geral, de todas as línguas.

Spin-off

A série deu tão certo que a Netflix anunciou no fim de novembro que produzierá uma continuação, centrada no personagem de Berlin, interpretado pelo ator Pedro Alonso. A ideia é lançar o produto em 2023.

"Berlin é um presente como personagem, mas também um exercício de pesquisa", disse o ator durante a promoção da quinta e última temporada.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos