LAAC 2023: Brasil tem três golfistas classificados para rodada decisiva do fim de semana

Nesta sexta-feira, a oitava edição do Latin America Amateur Championship (LAAC) chegou ao fim para 54 golfistas. O regulamento do torneio indicava que somente os 50 melhores atletas dos dois primeiros dias disputariam as rodadas de sábado e domingo, mas houve um empate entre quatro jogadores, o que aumentou o número para 54. Desses, três são brasileiros.

Um dos grandes favoritos para vencer a competição, Fred Biondi manteve os -2 que alcançou na quinta-feira e terminou a segunda rodada na 14ª colocação.

— Hoje eu larguei muito mal. Não tive uma saída muito boa. Fiquei dois acima nos primeiros três buracos. Foi um pouco de má sorte, mas também erros bobos. Depois busquei, fiquei no par de campo logo, mas depois não encaixou nada. Mas foi sólido também. Agora tem o fim de semana e é tentar jogar dois jogos bons — disse Biondi.

Ao contrário da última quinta, o jovem golfista de 22 anos começou a jogar na parte da tarde, quando o vento no Grand Reserve Golf Club se intensificou, o que, segundo Biondi, também prejudicou seu desempenho.

— Hoje estava ventando muito mais e isso muda. De manhã é muito mais calmo, e ontem a tarde também estava mais calma. É um pouco diferente, mas todo mundo também precisa jogar nesse vento, então não sou só eu — falou o atleta, que também se mostrou confiante para alcançar os líderes nos próximos dias. — Dá para chegar ainda. Tem dois dias ainda, mas tenho que jogar bem.

Junto de Fred Biondi nas rodadas do fim de semana estarão Marcos Negrini e Guilherme Grinberg. Ambos terminaram o segundo dia empatados na 42ª colocação com +2 em relação ao par.

Matheus Balestrin, que começou bem o dia, Thomas Choi, Andrey Xavier, Homero de Toledo e Lucas Park não conseguiram chegar a pontuação de corte e estão eliminados.

O mexicano Luis Carrera, que terminou a quinta-feira liderando o quadro com -5, repetiu o desempenho nesta sexta-feira e soma -10 em relação ao par. Na segunda colocação está o argentino Mateo Fernandez de Oliveira, com -9. O peruano Julian Perico, com -8, fecha o pódio dos dois primeiros dias de torneio.

*O repórter viaja a convite da organização