Ladrão rouba cobra píton de pet shop e esconde na cueca

PORTLAND, Oregon, EUA. (AP) — Um homem foi flagrado pelas câmeras de vídeo de uma loja de animais de Portland, EUA roubando uma cobra píton de 60 cm de comprimento e fugiu escondendo o animal em suas calças.

O Sargento Greg Stewart disse que ninguém foi preso pelo roubo, que aconteceu na sexta-feira passada (8). Mas Christin Bjugan, proprietária da loja de animais “De A a Z”, disse que os vídeos do serviço de vigilância ajudaram os espectadores e detetives da polícia a identificar um suspeito, e ela espera ter a serpente de volta em breve.

“Nós sabemos quem é o ladrão,” disse ela na segunda-feira. “ Nós sabemos onde ele mora e onde trabalha, sabemos tudo sobre ele e sua namorada. Estamos apenas esperando ter nossa cobra de volta.”

O vídeo mostra o suspeito acompanhado por uma mulher de cabelo azul, que parece participar do furto. O indivíduo é visto entregando-lhe umas chaves antes de tirar a cobra de um tanque e arrastá-la para fora da loja.

Bjugan diz que foi “muita coragem” do homem colocar o píton dentro das calças, foi bastante perigoso, pois eles estavam perto do dia em que costumam alimentar o animal, que poderia inclusive estar faminto.

Por outro lado, acrescentou ela, a cobra de fato gosta de lugares escuros e quentinhos.

A serpente é uma píton constritora de cor preta e seu preço de venda é de aproximadamente 200 dólares (pouco mais de R$ 800).

“Nosso preço é muito bom, geralmente elas valem cerca de 400 dólares”, disse Bjugan, em tom de publicidade.

Stewart afirmou que o departamento de polícia tem investigado furtos em lojas de animais, mas essa é a primeira vez que um ladrão coloca uma cobra em suas calças. Isso parece ter sido mais significativo que os furtos habituais.

"Se você prestar atenção aos roubos típicos em lojas de animais, muitas vezes eles são cometidos por sujeitos que estão vagando por aí, bêbados, e decidem fazer alguma besteira”, completou ele. “Esse roubo é um pouco diferente, embora colocar uma cobra dentro das calças não seja uma ideia muito inteligente. Existem muitas maneiras em que isso poderia ter dado errado.”

AP
Por STEVEN DUBOIS
Siga-o no Twitter
(Imagens: Divulgação)