Lamborghini do 'Rei do Bitcoin' é arrematada por R$ 805 mil em leilão

Lamborghini do 'Rei do Bitcoin' foi arrematada por R$ 805 mil na última sexta-feira (22). Foto: Divulgação/Polícia Federal.
Lamborghini do 'Rei do Bitcoin' foi arrematada por R$ 805 mil na última sexta-feira (22). Foto: Divulgação/Polícia Federal.
  • Lamborghini Gallardo do 'Rei do Bitcoin' foi vendida por R$ 805 mil na última sexta-feira (22);

  • Comprador, que mora no Rio de Janeiro, fez 27 lances pela Lamborghini;

  • Veículo foi apreendido pela PF durante a Operação Daemon.

A Lamborghini Gallardo LP 560-4 de Cláudio José de Oliveira, conhecido como o ‘Rei do Bitcoin’, foi arrematada em leilão por R$ 805 mil na última sexta-feira (22) em Curitiba, no Paraná. Após 27 lances, o veículo foi comprado por um morador do Rio de Janeiro.

Leia também:

O automóvel foi apreendido em julho de 2021 pela Polícia Federal durante a Operação Daemon, que investigou um grupo responsável por desviar mais de R$ 1,5 bilhão e causar danos a mais de 7 mil pessoas em negociações de criptomoedas.

O carro, que estava avaliado em R$ 629 mil, foi vendido por R$ 805 mil acrescidos de uma comissão de pouco mais de R$ 40 mil, destinados ao leiloeiro.

O automóvel ano 2009/2010 tem um motor de 10 cilindros e 560 cv de potência e vai de 0 a 100 km/h em apenas 3,7 segundo, podendo chegar a uma velocidade máxima de 325 km/h.

Até o leilão, a Laborghini tinha uma plotagem da Polícia Federal. Contudo o carro era usado somente em ações específicas, como exibições e ações pedagógicas de repressão ao crime organizado e descapitalização de bens de organizações que atuam ilegalmente.

De acordo com o site da negociação, o veiculo se encontra em bom estado, contendo apenas poucas avarias e riscos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos