Lançamento de satélite ao espaço continua sem data definida

Sabrina Craide - Repórter da Agência Brasil

A empresa lançadora de satélites Arianespace informou hoje (23) que a evolução da greve geral na Guiana Francesa não permite o reinício das operações para o lançamento do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas.

Segundo a empresa, o veículo de lançamento permanece em modo de espera e está sendo mantido em condições totalmente seguras.

O lançamento do satélite estava previsto para terça-feira (21), mas foi adiado por causa da greve geral que atinge a Guiana Francesa, de onde o equipamento será lançado. De acordo com a Telebras, ainda não há data prevista para ocorrer o lançamento.

Este será o primeiro satélite geoestacionário brasileiro de uso civil e militar. Adquirido pela Telebras, o equipamento será utilizado para comunicações estratégicas do governo e para ampliar a oferta de banda larga no país, especialmente em áreas remotas.