Lateral da seleção, Renan Lodi pediu ao Atlético para jogar Copa América e Olimpíada: 'Estafe vai decidir'

·1 minuto de leitura

Titular da seleção brasileira, convocado para as eliminatórias sul-americanas e campeão espanhol com o Atlético de Madrid, o lateral-esquerdo Renan Lodi quer viver uma maratona em 2021. Em entrevista à emissora "TNT Sports", o brasileiro revelou que quer disputar tanto a Copa América quanto os Jogos Olímpicos de Tóquio, e já avisou ao Atlético de seu desejo.

— Se fosse um mês de Copa América e logo (depois) um mês de Olimpíada, e desse tempo de eu ir, iria para as duas. Essa é uma decisão muito difícil, e eu quero ir para as duas. A gente não sabe o que vai acontecer. Voltamos (no Atlético de Madrid) dia 7 e tem jogo no dia 15 de setembro. deixei bem claro que quero ir para as duas, mas o estafe é que vai decidir.

Renan Lodi completou 23 anos dia 8 de abril, portanto, não ocuparia uma das vagas além da faixa etária permitida nos Jogos Olímpicos. A missão de Renan é difícil: a Copa América acontece entre os dias 11 de junho e 10 de julho, enquanto os Jogos de Tóquio estão marcados para acontecer entre 23 de julho e 8 de agosto — a final do futebol masculino acontece no dia 7.

— Deixei meus empresarios cientes que quero jogar (as competições). Ganhar um ouro olímpico, você fica sempre marcado. Não só por isso, mas pela história da competicão — diz Renan.

Vale lembrar que, em 2016, Neymar tentou disputar as duas competições quando ainda estava no Barcelona. Na época, o clube vetou, e Ney disputou apenas os Jogos do Rio, e conquistou a medalha de ouro com a seleção brasileira. No início do ano passado, o jogador do PSG chegou a manifestar publicamente o mesmo desejo, mas admitiu que é uma situação complicada.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos