Laudo aponta indícios de envenenamento em enteado de mulher presa no RJ

Madrasta foi presa nesta semana acusada de homicídio qualificado pela morte da enteada de 22 anos e por tentativa de envenanmento contra o Bruno Cabral (Foto: Reprodução)
Madrasta foi presa nesta semana acusada de homicídio qualificado pela morte da enteada de 22 anos e por tentativa de envenanmento contra o Bruno Cabral (Foto: Reprodução)

Resumo da notícia

  • Laudo encontrou "grânulos esféricos", que seriam indício de envenenamento, no corpo de Bruno Cabral

  • Bruno é enteado de Cíntia Mariano, presa suspeita de envenenar o jovem e a irmã

  • IML não encontrou presença de veneno nos exames, mas suspeita é que se trate de chumbinho

Um laudo do Instituto Médico Legal apontou que há “grânulos esféricos” no corpo do estudante Bruno Cabral, de 16 anos, que teria sido envenenado pela madrasta, Cíntia Mariano. As informações são do portal g1.

Segundo o documento do IML, as quatro esferas têm uma cor que varia azul estudo e preto. De acordo com a Polícia Civil, o material encontrado no laudo pode indicar que ele foi contaminado com chumbinho.

Por outro lado, o exame não detectou a presença de veneno. Os grânulos esféricos foram usados depois de uma análise no material gástrico de Bruno Cabral. Segundo o g1, a assessora técnica as Secretaria de Polícia Civil, a perita Denise Rivera, explicou que a substância não foi encontrada, porque se degrada rapidamente dentro dos grânulos – que servem como suporte para colocar veneno.

“Os sintomas apresentados pela vítima, somados à presença dos grânulos, são indícios de envenenamento por chumbinho”, explicou Denise.

A madrasta de Bruno, Cíntia Mariano, está presa, suspeita de ter envenenado o adolescente e a outra enteada, Fernanda Carvalho Cabral, de 22 anos. A jovem morreu no dia 28 de março.

Segundo a mãe do jovem, ele está se recuperando. “Perdão pela preocupação. O Bruno ainda se sente fraco, cansado, mas está bem. Ele está fazendo exames pós-intubação para saber se não ficou nenhuma sequela, para saber se o organismo está trabalhando direitinho. Ele fez exame de sangue, laboratoriais, depois vai fazer uma ultra e passar pelo cardiologista. É mais para despreocupar. Muito obrigada pelas orações, pela preocupação. Estamos bem e vivendo um dia de cada vez”, postou Jane Cabral em uma rede social.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos