Lava Jato faz operação no Rio e prende ex-secretário de Temer

Segundo a PF, a rede seria organizada por empresários e agentes públicos (Getty Images)

Equipes da Lava Jato cumprem nesta quinta, no Rio de Janeiro, seis mandados de prisão preventiva e outros 3 de prisão temporária. Sete pessoas já foram presas, entre elas um ex-procurador da Justiça e ex-secretário Nacional de Justiça e Cidadania do governo de Michel Temer, Astério Pereira dos Santos.

E nos siga no Google News:

Yahoo Notícias | Yahoo Finanças | Yahoo Esportes | Yahoo Vida e Estilo

Todas as pessoas são acusadas de participar de um esquema de pagamentos de propina a conselheiros do Tribunal de Contas do Estado e de lavagem de dinheiro através de contratos na Secretaria estadual de Administração Penitenciária.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Os agentes da Polícia Federal e do Ministério Público Federal cumprem também 32 mandados de busca, de acordo com determinação do juiz Marcelo Bretas.

Leia também:

Segundo a PF, esta rede seria organizada por empresários e agentes públicos com apoio de dois escritórios de advocacia, além de envolver laranjas e familiares dos acusados.