Lava Jato cumpre mandados de prisão por propina paga a 2 ex-ministros

Redação Notícias
A view of pickup trucks with livery resembling Brazil's federal police inside the DEIC (State Criminal Investigation Department), which were used by the thieves during the theft at Guarulhos airport in Sao Paulo, Brazil July 25, 2019. REUTERS/Nacho Doce
(Foto: REUTERS/Nacho Doce)

A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta quarta-feira (21) a 63ª fase da Operação Lava Jato, denominada “Carbonara Chimica”. Um mandado de prisão contra um ex-executivo da Odebrecht já foi cumprido, em São Paulo, e uma segunda ordem de prisão, para o advogado Nilton Serson, ainda aguarda execução.

SIGA O YAHOO NOTÍCIAS NO INSTAGRAM

SIGA O YAHOO NOTÍCIAS NO FLIPBOARD

Além disso, a operação ainda possui 8 mandados de busca e apreensão. Os policiais também cumprem dois mandados de busca e apreensão na Bahia.

Leia também

Um dos alvos já preso nesta operação é Maurício Ferro, ex-diretor jurídico e cunhado de Marcelo Odebrecht. Os presos serão levados para a sede da Polícia Federal em São Paulo e, posteriormente, para a superintendência do Paraná, onde serão interrogados.

A investigação indica que o Grupo Odebrecht fazia pagamento de propina periódica a dois ex-ministros Antonio Palocci e Guido Mantega. Os valores eram contabilizados em uma planilha denominada “Programa Especial Italiano”.

Os investigados eram identificados como “Italiano”, apelido atribuído a Palocci, e “pós-Itália”, codinome que seria de Mantega.

Com a propina, eram aprovadas medidas provisórias, como um refinanciamento de dívidas fiscais que permitiria a utilização de prejuízos fiscais das empresas como forma de pagamento.

“Há indicativos de que parte dos valores indevidos teria sido entregue a um casal de publicitários como forma de dissimulação da origem do dinheiro”, informou a Polícia Federal.

Os mandados foram expedidos pela 13ª. Vara Federal de Curitiba. Foi determinada ordem judicial de bloqueio de ativos financeiros dos investigados, no valor de R$ 555 milhões.

por Agência Brasil