Leão é salvo após implorar ajuda em parque da África do Sul

Turistas que passeavam por um parque nacional na África do Sul ficaram horrorizados ao encontrar um leão prestes a morrer. O animal estava com uma armadilha presa no pescoço e precisava de cuidados urgentes.

O jovem macho comoveu Melika Viljoen e Meike Pettit, turistas que imediatamente registraram o sofrimento do felino em fotos e publicaram as imagens em um grupo no Facebook do Parque Nacional Kruger.

Em poucas horas, a estrada onde o animal foi visto foi fechada e uma equipe de veterinários chegou ao local para encontrá-lo e tentar salvar sua vida. A postagem no grupo gerou revolta dos visitantes, que chegaram a criticar a demora do parque em responder a ocorrência.

Leões feridos podem facilmente morrer por conta de infecções ou mortos por hienas, mas este felino pode se considerar um animal de sorte. Após a denúncia, os guardas do parque localizaram o leão e rapidamente o encaminharam para tratamento.

Os veterinários chegaram a cogitar a hipótese de ter que sacrificá-lo, já que a armadilha chegou a ferir um de seus olhos. Mas após realizarem os procedimentos cirúrgicos para retirar o laço, o medicaram e o liberaram pouco depois. “Ele está bem, acordado e será monitorado pelos guardas enquanto se recupera”, escreveu o parque em nota.