Leões escapam de recinto em zoológico de Sydney

Por Lewis Jackson

SYDNEY (Reuters) - Cinco leões fugiram de seu recinto no zoológico de Taronga, em Sydney, nesta quarta-feira, levando o zoológico a emitir um alerta de "código um" e levar os visitantes de seu programa de pernoite "Roar and Snore" a um ambiente seguro.

O alerta foi emitido após imagens de vídeo mostrarem um leão adulto macho, chamado Ato, e quatro filhotes fora de seu recinto às 6h30 no horário local, embora ainda estivessem em uma área separada do resto do zoológico por uma cerca de 1,80 m.

Os tratadores do zoológico usaram tranquilizante e levaram de volta um filhote, enquanto os outros quatro voltaram por conta própria.

O zoológico disse que sua resposta de emergência foi decretada menos de 10 minutos depois que os leões escaparam da área de exibição principal. Foi confirmado que os leões estavam de volta ao seu recinto às 9h, de acordo com a mídia local.

Nenhuma pessoa ou animal se feriu e o zoológico abriu normalmente.

"O zoológico tem protocolos de segurança muito rígidos para tal incidente e foram tomadas medidas imediatas", disse o diretor executivo do zoológico de Taronga, Simon Duffy, em coletiva de imprensa.

O recinto de leões do zoológico é o lar de Ato e Maya e seus cinco filhotes - Khari e Luzuko, que são machos, e Malika, Zuri e Ayanna, que são fêmeas. Maya e Ayanna ficaram no recinto enquanto os demais fugiram.

O zoológico ainda não sabe como os animais escaparam e iniciou uma revisão formal.

(Reportagem de Lewis Jackson)