Leões matam homem que tentou invadir zoológico em Gana

Leão branco grande deitado na grama
Homem invadiu jaula que tinha dois adultos e dois filhotes de leão branco (foto ilustrativa)

Autoridades de Gana estão investigando o caso de um homem que entrou na jaula de um zoológico no domingo (28/8) e foi morto por leões.

O corpo da vítima, um homem de meia-idade, foi retirado do zoológico em Acra, capital de Gana, e levado para um necrotério local.

As autoridades suspeitam que o homem planejava roubar dois raros filhotes de leão branco, que se tornaram uma grande atração desde seu nascimento em novembro passado. Entretanto, ainda será feita uma investigação sobre o motivo da invasão e as circunstâncias do ataque.

O zoológico foi temporariamente fechado ao público após o incidente que chocou muitos em Gana.

Um leão, uma leoa e seus dois filhotes brancos estavam na jaula quando o incidente aconteceu.

Portão fechado em meio a área verde
O zoológico foi temporariamente fechado ao público após o incidente

"Quando os leões têm filhotes e alguém chega muito perto, eles podem sentir que você está tentando capturar sua prole", disse o vice-ministro de Terras e Recursos Naturais, Benito Owusu Bio, a jornalistas.

"Pedimos ao público que não faça algo assim", acrescentou.

O intruso escalou uma cerca de 3 metros, e em seguida outra de 6 metros, para entrar na jaula. Os filhotes — nascidos de um leão macho e um leão fêmea com características recessivas chamadas leucismo, que é diferente de albinismo — têm sido grandes atrações do zoológico.

Existem cerca de uma dúzia de leões brancos na natureza, de acordo com a organização Global White Lion Protection Trust.

Sabia que a BBC está também no Telegram? Inscreva-se no canal.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!